Eventos

Reportagens de estudantes vencem prémios de Ciberjornalismo Académico

A reportagem “Entre o Sentir e o Ser”, das estudantes Ilda Lima, Joana Oliveira e Maria Francisca Barros venceu, por votação do júri, o prémio de Ciberjornalismo Académico do Obciber – Observatório do Ciberjornalismo. Por outro lado, a reportagem “Cuidadores informais e a falta de apoio. “Não existe obrigação. O que existe é a vontade de cuidar”, dos estudantes Maria Carvalho e Nuno Diogo Pereira, conquistou o voto do público.

Nesta categoria dos Prémios de Ciberjornalismo 2023, estas reportagens, desenvolvidas em aulas da Licenciatura e Mestrado, estavam nomeadas a par com a reportagem  “Depois do sonho do futebol. “Nunca tive um plano”: a nova vida de ex-futebolistas”, dos também estudantes Carlos Marques e Paulo Folha.

“15 anos de Observatório do Ciberjornalismo” foi o mote para o debate que antecedeu o anúncio dos premiados deste ano e aconteceu nesta terça-feira, dia 28 de novembro, no Anfiteatro Nobre da Faculdade de Letras da Universidade do Porto. A lista completa dos vencedores pode ser consultada aqui.

O Departamento de Ciências da Comunicação congratula todos os nomeados, felicitando, de forma especial, os estudantes vencedores e o ComUM.